Fale conosco Adesão Login
X

Use seus dados para acessar

Esqueci minha senha

A Falta de Sono e a Memória

O sono se relaciona diretamente com o processo de memória. No entanto descrever como é sua participação é um procedimento complicado, já que tanto o sono quanto o aprendizado consistem em processos qualitativos de diferentes estágios, cada um envolvendo processos bioquímicos separados e localizações neurológicas diferentes.

Por exemplo, a memória é dividida em 2 tipos, declarada e não declarada (esta com inúmeros subtipos), cada uma das quais envolvendo vários estágios (estabilização, aumento, etc). Finalmente, determinar em que momento o aprendizado ocorreu, depende da graduação escolhida. A conclusão dessa complexidade faz com que os diversos autores tenham opiniões diferentes.

Como se subdivide o sono humano?

Através da análise do eletroencefalograma (EEG), podemos dividir o sono em 2 fases distintas: a fase de ondas lentas ou slow-wave sleep (SWS) e a fase rapid-eye–movement (REM). A fase SWS pode ainda ser subdividida em Fases 1, 2, 3 e 4(1). É nesta fase que ocorre a maioria dos sonhos. Em cada noite de sono, há uma alternância (em média) cada 90 minutos entre as fases SWS e REM(1), mas na segunda parte da noite predomina a fase REM(9).

Como o sono interfere com a memória?

Experiências com ratos mostraram que qualquer alteração que ocorra no tipo de sono pode interferir no processo de memória. Uma hipótese atual demonstra que a fase de ondas lentas (SWS), está envolvida no processo de limpeza da memória antiga, que não está em uso, enquanto que o sono REM (fase rapid-eye—movement), se relaciona ao processo de retenção de novos conhecimentos.

Algumas controvérsias existem com relação ao sono e o sistema de memorização e aprendizado. Os conceitos existentes, relacionados a sono REM foram especificamente modificados, após o caso de um paciente israelita, que teve seu sono REM abolido, após uma lesão cerebral. Nos 35 anos seguintes este homem prosperou surpreendentemente como advogado, pintor e “inventor” de palavras cruzadas. Amigos o descreviam como uma pessoa completamente normal. Desafortunadamente outros casos como este não foram descritos ou acompanhados pela literatura, para uma melhor descrição dos casos de pacientes com alteração do sono REM.

O aprendizado de ações que envolvem técnicas aumenta tanto em acurácia, quanto em velocidade, após o sono, embora uma “intensificação” do sono não suprima a necessidade da intensificação da pratica para o domínio da técnica.

Conclusão:

Até o presente, é prudente concluir, que todos os tipos de sono se relacionam à consolidação da memória e não existe a necessidade especifica de um tipo de sono para sua.


Fonte:www.boasaude.uol.com.br

Notícias Recentes

Ação Solidária RS: sua contribuição fez a diferença!

Graças à generosidade de cada um dos colaboradores da CSN e dos aposentados e pensionistas da CBS Previdência, conseguimos arrecadar R$ 269.195,60 mil. Para potencializar ainda mais esta iniciativa, a CSN decidiu não apenas igualar, mas mais do que dobrar o valor doado, resultando em um montante total de R$ 900.100,00 mil. O recurso arrecadado […]

LER ARTIGO

Ação Solidária: sua doação em dobro

O Estado do Rio Grande do Sul enfrenta uma situação de calamidade pública que está mobilizando todo o País. A CSN está empreendendo diversas medidas para ajudar a população local. Se você quiser fazer parte desta rede solidária, poderá contribuir via PIX para a Fundação CSN. Para potencializar ainda mais esta iniciativa, a CSN irá […]

LER ARTIGO

Confira o Relatório Anual 2023 da CBS Previdência

Já está no ar o Relatório Anual 2023 da CBS Previdência. Nele, você encontra os principais resultados alcançados e os projetos que desenvolvemos ao longo do ano. Com linguagem simples, o documento apresenta detalhes sobre as iniciativas que realizamos para atingir os objetivos definidos no planejamento estratégico e para ajudar a fomentar a importância de […]

LER ARTIGO

Não deixe passar essa oportunidade

Aproveite o recebimento do abono para investir no seu futuro. Ao colocar uma parte do valor recebido no seu plano de previdência complementar, você: – Aumenta o seu saldo – Ganha um desconto no IR Quem faz a declaração completa do Imposto de Renda pode deduzir dos rendimentos tributáveis anuais as suas contribuições para a […]

LER ARTIGO