Fale conosco Adesão Login
X

Use seus dados para acessar

Esqueci minha senha

Aposentadoria menor

INSS vai cobrar este mês restituição de CPMF paga em janeiro. Mais de 20 milhões terão decréscimo no benefício, num valor total de R$ 44,7 milhões descontados de segurados
O INSS vai descontar agora em julho os valores que foram depositados a mais nos benefícios para compensar a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). Como a extinção do chamado Imposto do Cheque ocorreu quando a folha de dezembro já havia sido rodada, todos os benefícios de até 10 salários mínimos (R$ 3.800, à época) tiveram um acréscimo de 0,38%, alíquota correspondente ao desconto da CPMF.

Derrubado no Congresso, o tributo deixou de ser cobrado no dia 1º de janeiro deste ano. Por isso, quem sacou o benefício de dezembro depois dessa data acabou recebendo a mais, pois teve a compensação do imposto sem pagá-lo. De acordo com o instituto, 20,4 milhões de pessoas se enquadram nessa situação e terão descontados, ao todo, R$ 44,7 milhões dos seus vencimentos.

O valor médio a ser debitado nas aposentadorias e pensões, segundo a Previdência Social, é de R$ 2,18. Um aposentado que recebia R$ 1 mil em dezembro, por exemplo, devolverá ao INSS R$ 3,80. Quem ganhava o teto pago pelo instituto à época, no valor de R$ 2.894,28, vai receber menos R$ 11 este mês. O INSS esclarece que só terá que devolver o dinheiro quem sacou o benefício depois do dia 1º de janeiro deste ano. Portanto, aqueles que receberam em dezembro, mas esperaram para fazer a retirada em janeiro, vão pagar agora.

Os segurados que sacaram o benefício em dezembro (até um salário mínimo, com finais de um a cinco) não terão desconto, porque, ao retirar a aposentadoria ou pensão, já pagaram a CPMF. Durante a vigência do Imposto do Cheque, o INSS acrescentava ao benefício o valor equivalente ao percentual que seria cobrado na hora do saque. O objetivo era garantir a isenção a todos que recebiam até 10 salários mínimos.

O aposentado Evaristo Rodriguez, 93 anos, ganha um salário mínimo (R$ 415). Nesse pagamento, que começa hoje, ele terá um desconto de R$ 1,44 (o equivalente a 0,38% de R$ 380, valor do vencimento em janeiro), a título de devolução da compensação da CPMF. Evaristo, que vive com o filho, só se aposentou “de fato” este ano devido a problemas de saúde. Ele começou a trabalhar em 1932, aposentou-se em 1966 e ainda contribuiu para o INSS por mais 20 anos.

“O desconto é pequeno, mas quando o dinheiro também é pouco, qualquer quantia faz falta. Esse valor a menos já daria para comprar o pão do café da manhã”, lembrou o filho do aposentado, Luiz Carlos Rodriguez.

Só em remédios, Evaristo gasta R$ 600 por mês, mais do que seu benefício. Por isso, os filhos se cotizam para comprar os medicamentos.   (Luciene Braga e Tiana Ellwanger – O Dia Online)


Fonte:AssPreviSite

Notícias Recentes

CBS Previdência: há 64 anos investimos no seu amanhã

No dia 17 de julho, a CBS Previdência completa 64 anos. Ao longo de todo esse período, trabalhamos com dedicação para te ajudar a construir um amanhã mais seguro financeiramente e cheio de possibilidades. Ao celebrar um novo aniversário, reforçamos o nosso compromisso com a gestão eficiente dos recursos que administramos com o objetivo de […]

LER ARTIGO

Participante do Plano Milênio, transforme o seu amanhã

Você, participante do Plano Milênio, sabia que pode aumentar o valor da sua contribuição básica mensal para o plano sempre que quiser até atingir, no máximo, 5% do seu salário base? Confira as vantagens de tomar essa decisão: – Aumento mais rápido do seu saldo: a empresa também passará a contribuir mais para você. – […]

LER ARTIGO

Quer simular ou contratar um empréstimo?

Para simular ou contratar empréstimos, basta acessar a área restrita do nosso site. É rápido e seguro e você pode fazer isso de onde estiver. Se tiver dúvidas, consulte o passo a passo que elaboramos para te ajudar.

LER ARTIGO

Suas informações cadastrais estão atualizadas?

Sempre que mudar de endereço, telefone ou e-mail, lembre-se de alterar esses dados no seu cadastro da CBS Previdência. Você pode fazer isso quando quiser e de onde estiver. Veja como é fácil: – Faça o login na área restrita utilizando o seu CPF e a senha pessoal. – Clique no item “Alteração”, localizado no […]

LER ARTIGO