Fale conosco Adesão Login
X

Use seus dados para acessar

Esqueci minha senha

Previdência Privada: precaução futura

Contribuir com a Previdência Social não é garantia de uma velhice tranqüila. O sistema possibilita rendimentos de, no máximo, R$ 2.894,28 ao mês. No entanto, a maioria dos segurados recebe bem menos que esse valor, além de passar meses – ou até anos – nas filas das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para conseguir receber o benefício.

Em razão desse cenário, muita gente está aderindo a planos de Previdência Privada justamente para complementar a renda quando chegar a hora de pendurar as chuteiras. “É um tipo de aplicação que tem crescido muito nos últimos anos. O brasileiro está mais preocupado com o futuro. Ele sabe que lá na frente não poderá depender apenas da Previdência Social e, por isso, precisa investir na privada para complementar”, ressalta Elaine Paula Souza, gerente comercial de uma empresa especializada em Previdência Privada na região.

Para o economista Cláudio Garbi, professor da Fundação Getulio Vargas (FGV) em São Paulo e no Rio de Janeiro, o crescimento de investidores na Previdência complementar reflete a visão negativa e de instabilidade que a Previdência Social passa ao trabalhador.

“É uma maneira que as pessoas que podem pagar estão encontrando para se precaver. Salvo os devidos cuidados, todo trabalhador que tem condições deveria fazer o plano, porque não temos boas perspectivas com a Previdência Social, cuja tendência é pagar cada vez menos”, completa.

Os planos de Previdência Privada oferecidos pelas instituições bancárias são bastante diversificados. Na hora de escolher, o fundamental é traçar uma meta do que se pretende fazer com o dinheiro que será reservado e, também, determinar o tempo que se vai investir, levando em conta a idade que o beneficiário terá quando terminar de pagar.

“Além disso, é preciso saber qual o valor que vai investir e o quanto será recuperado ao final do contrato. A perspectiva de retorno é muito importante, porque é através dela que se poderá analisar se o plano compensará ou não”, explica o economista.

Prazos

Garbi lembra que quanto menor o prazo da aplicação, maior será o valor da mensalidade e menor o retorno financeiro. Portanto, ele recomenda que a reserva financeira visando a aposentadoria seja feita o mais cedo possível. De acordo com cálculos elaborados pelo economista, uma pessoa que aos 18 anos ganha em torno de R$ 1 mil poderia reservar à Previdência Privada 5% de seu salário mensal, o equivalente a R$ 50,00. Ao final de 20 anos de investimento ela teria cerca de R$ 120 mil, isto sem correção, o que dobraria o valor.

Variedade

Existem planos de instituições financeiras, como o Prev-13 Rendas, cujo valor da parcela mensal é a partir de R$ 50,00, com correção feita através do Índice Geral de Preços de Mercado (IGPM). Conforme Souza, o cliente tem a opção de escolher o tempo que pretende pagar o plano e a carência para o primeiro resgate é de seis meses. Após esse período, o prazo para o saque diminui para 60 dias. “A pessoa só tem de respeitar a carência do resgate, mas pode parar de pagar quando quiser, sem nenhum custo. É ela quem define o prazo de aplicação”, acrescenta a gerente.

No caso do investidor converter o montante acumulado em renda, ele ganha o direito de receber o décimo terceiro salário sem custo adicional.


Fonte:www.jcnet.com.br

Notícias Recentes

Ação Solidária: sua doação em dobro

O Estado do Rio Grande do Sul enfrenta uma situação de calamidade pública que está mobilizando todo o País. A CSN está empreendendo diversas medidas para ajudar a população local. Se você quiser fazer parte desta rede solidária, poderá contribuir via PIX para a Fundação CSN. Para potencializar ainda mais esta iniciativa, a CSN irá […]

LER ARTIGO

Confira o Relatório Anual 2023 da CBS Previdência

Já está no ar o Relatório Anual 2023 da CBS Previdência. Nele, você encontra os principais resultados alcançados e os projetos que desenvolvemos ao longo do ano. Com linguagem simples, o documento apresenta detalhes sobre as iniciativas que realizamos para atingir os objetivos definidos no planejamento estratégico e para ajudar a fomentar a importância de […]

LER ARTIGO

Não deixe passar essa oportunidade

Aproveite o recebimento do abono para investir no seu futuro. Ao colocar uma parte do valor recebido no seu plano de previdência complementar, você: – Aumenta o seu saldo – Ganha um desconto no IR Quem faz a declaração completa do Imposto de Renda pode deduzir dos rendimentos tributáveis anuais as suas contribuições para a […]

LER ARTIGO

Nova corretora da CBS Previdência

Informamos que, a partir de 01/04/2024, a Fibra Corretora passará a ser a corretora da CBS Previdência. Isso significa que a Fibra ficará responsável pelos seguros que estão em vigor, pelas renovações e pelas novas contratações. Em Volta Redonda, o atendimento presencial continuará no mesmo local. Sempre que precisar, entre em contato com a Fibra […]

LER ARTIGO